Festival Internacional de Polifonia Portuguesa começa hoje

A Fundação Cupertino de Miranda vai realizar o II Festival Internacional de Polifonia Portuguesa. O evento decorre entre hoje e o dia 24. Tem a participação da Cappella Musical Cupertino de Miranda e do Organista Lugder Lohmann, realizando uma sucessão de 12 concertos, 12 visitas guiadas e 1 prova de vinhos, com entrada gratuita.

Bom_Jesus_Braga

A fundação sublinha que “com este festival pretende-se retomar a tradição da Polifonia Portuguesa dos séculos XVI e XVII”. O objectivo principal é divulgar o reportório da Polifonia Portuguesa.

O II Festival Internacional de Polifonia Portuguesa decorre em locais únicos do Barroco do Norte de Portugal e Galiza, concretamente em Santiago de Compostela.

À semelhança do ano anterior será editado um livro com textos sobre os monumentos onde se realizam os concertos e sobre a polifonia portuguesa, o qual, será distribuído graciosamente pelo público nos concertos.

Nesta 2ª edição do Festival são apresentados uma selecção de composições de músicos portugueses de projecção internacional.

Sob a direcção artística de Luís Toscano a programação incluirá obras de Pedro de Escobar (c.1465-c.1535), Pedro de Cristo (c.1550-1618), Duarte Lobo (c.1565-1646), Pedro de Araújo (c.1615-1695), entre outros músicos de reconhecimento internacional.

No Bom Jesus, em Braga, obra única do Barroco, que no ano passado celebrou os seus 200 anos, realiza-se um Seminário “O Barroco e a Polifonia em Portugal”, com a participação especial dos Professores José Manuel Tedim, José Meco, Fátima Eusébio, Owen Rees e José Abreu.

II Festival Internacional de Polifonia Portuguesa

Programa

13 JUNHO

21h30 – Igreja Matriz, Mosteiro de São Bento, Santo Tirso

14 JUNHO

21h30 – Igreja Mosteiro do Divino Salvador de Moreira, Maia

15 JUNHO

21h30 – Catedral Santa Maria de Braga (Sé), Braga

16 JUNHO

18h00 – Mosteiro de São Martinho de Tibães, Braga

22h00 – Igreja de São Gonçalo, Amarante

17 JUNHO

18h00 – Sacristia da Igreja do Bom Jesus, Braga

22h00 – Igreja do Bom Jesus, Braga

23h00 – Prova de vinhos, Escadaria do Bom Jesus, Braga

21 JUNHO

22h00 – Igreja São Domingos, Viana do Castelo

22 JUNHO

21h30 – San Martín Pinario, Santiago de Compostela

23 JUNHO

18h00 – Igreja (Beneditina) da Nossa Senhora do Terço, Barcelos

22h00 – Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, Ponte de Lima

24 JUNHO

18h00 – Igreja de Santa Maria de Landim, Vila Nova de Famalicão

22h00 – Igreja Nossa Senhora de Oliveira, Guimarães